Princesa Isabel e as Flores de Camélia, Símbolo de Luta e Liberdade


Rio de Janeiro 09 de junho de 2020, esta data fica marcada por um ato de amor e respeito a nossa história e de todos aqueles que lutaram por liberdade, e que na figura da Princesa Isabel regente do Império viu a Lei Áurea ser assinada dando fim à escravidão no Brasil.

Vivemos um momento de reflexão em meio ao caos causado por grupos que visam destruir a história e reescreve-la. Atos de vândalos que usam do direito de protesto para por em prática atos de vandalismo e pura mentira contra a história deste país. Neste momento diversos destes grupos incluindo membros de facções terroristas fazem ações criminosas de depredação contra figuras importantes que lutaram contra o mal do Nazifascismo como o grande estadista Britânico, Winston Churchill.



No Brasil há tentativas da mesma envergadura, e o alvo principal é a Princesa Isabel a Redentora. entretanto grupos de defensores da Monarquia Parlamentarista Constitucional, das mais diversas vertentes de pensamento, cor e credo têm se mobilizado nas redes sociais para a proteção da imagem da Redentora. Hoje um grupo intitulado União Imperial Brasileira realizou uma ação emocionante, justamente de Respeito e Amor a nossa Redentora, levando flores de Camélia que representam a Luta e a Liberdade, do ato de abolição da escravatura em 13 de maio de 1888, e colocando no monumento em sua homenagem. 



Parabéns aos organizadores pelo ato.