Primeiro Ministro Britânico Boris Johnson sai da UTI


Um porta-voz do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciou nesta quinta-feira (9) que o premiê foi "transferido da unidade de terapia intensiva (UTI) para um quarto (do hospital), onde receberá monitoramento cuidadoso na fase inicial de sua recuperação".
Johnson foi diagnosticado com o novo coronavírus no final de março.
De acordo com o porta-voz, o premiê "está muito bem disposto". Johnson continuará internado no hospital St. Thomas, em Londres, para onde foi levado no domingo por "sintomas persistentes" como febre alta. No dia seguinte, segunda-feira, ele foi encaminhado para a UTI.
Na unidade de terapia intensiva, ele recebeu "um tratamento padrão com oxigênio" e não precisou de ventilação mecânica, segundo afirmaram representantes do governo previamente.
"O primeiro-ministro esteve sob os cuidados de médicos do Hospital St. Thomas, em Londres, depois de ter sido internado com sintomas persistentes de coronavírus", afirmou o governo em nota.
"No decorrer da segunda-feira à tarde, a condição do primeiro-ministro piorou e, recomendado por sua equipe médica, ele foi transferido para a unidade de terapia intensiva do hospital."
"O PM está recebendo excelente atendimento e agradece a todos os funcionários do NHS (serviço público de saúde do Reino Unido) por seu trabalho e dedicação", acrescentou o texto.
Segundo um porta-voz, Johnson pediu que seu secretário do Exterior, Dominic Raab, o substituísse "sempre que necessário" durante este período.