Coronavírus pode provocar recessão histórica no Reino Unido


A pandemia do novo coronavírus ameaça o Reino Unido com a maior recessão econômica da história.

O alerta foi feito nesta terça-feira (14) por um instituto estatal, enquanto o governo do primeiro-ministro Boris Johnson avalia prolongar ainda mais o período de confinamento.

Com mais de 12 mil mortos, o Reino Unido está entre os países mais afetados da Europa. 

Até o momento ainda não foi registrada uma diminuição no ritmo de propagação suficiente para permitir flexibilizar as medidas tomadas para frear a pandemia.

Com base neste cenário, a economia britânico poderá registrar uma queda de 13% do seu PIB neste ano, segundo uma projeção do OBR (Office for Budget Responsibility).

Esse colapso da atividade econômica “seria muito maior do anualmente observado no final de cada guerra mundial ou durante a crise” de 2008, alerta o OBR.

As estimativas do instituto britânico são baseadas no cenário de um confinamento que duraria três meses, seguido por outro período semelhante com restrições suspensas aos poucos.

“Um teste muito difícil nos espera e não poderemos proteger todos os empregos ou empresas”, disse o ministro das Finanças, Rishi Sunak, em entrevista à emissora BBC.

Via: Renova Mídia