Três imponentes salões vikings são encontrados na Noruega


Três estruturas de grandes salões vikings foram encontradas por arqueólogos em um cemitério Real da Idade do Ferro em Borre, na Noruega. Possivelmente mencionadas nos famosos contos nórdicos, as salas eram usadas por pessoas de altos status sociais na época.

O cemitério foi identificado pela primeira vez em 1852, com mais de 50 estruturas feitas para enterrar quem estivesse em um alto patamar na hierarquia da sociedade. Hoje, é um dos maiores locais funerários da Escandinávia.

Encontrados recentemente, os três salões se parecem muito com corredores e contavam com lareiras. Os locais, no entanto, não eram usados para cozinhar ou fazer artesanato, muito menos para moradia.

Segundo os arqueólogos responsáveis pela descoberta, a construção era alta demais para o padrão dos prédios domésticos da época. Além disso, nenhuma das estruturas apresentava divisões internas, apenas colunas — diferentemente das casas vikings.

Duas das câmaras podem ter sido construídas antes — ou ao mesmo tempo — que alguns dos túmulos da região. Ou seja, elas podem datar do período entre os séculos 6 e 7 d.C.. Ainda mais, é possível que os salões tenham pertencido a algum poderoso governante nórdico.