Canadá não pagará segurança de Harry e de Meghan


O governo do Canadá vai deixar de pagar a segurança do príncipe Harry e de sua esposa, Meghan Markle, a partir de março.

A informação foi confirmada, nesta quinta-feira (27), pelo gabinete do Ministro da Segurança, Bill Blair.

Desde novembro de 2019, o duque e a duquesa de Sussex viveram parte do tempo em uma mansão ao lado do mar na província canadense da Columbia Britânica.

A real polícia montada do Canadá assumiu a segurança do casal no país, sob a convenção internacional de pessoas protegidas.

Este sistema terminará, no entanto, nas “próximas semanas, de acordo com a mudança do seu status”, informou em um comunicado o governo canadense.

Uma pesquisa recente revelou que 77% dos contribuintes canadenses não estão dispostos a pagar seus gastos de segurança, destaca a agência France-Presse.