822 bolsas para estudar no Reino da Espanha


As inscrições para a 20ª edição do programa de bolsas da Fundación Carolina estão abertas. São 822 bolsas de estudo alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS da Agenda 2030 da ONU, com programas organizados em torno de seus cinco princípios orientadores: pessoas, planeta, prosperidade, paz e parcerias (5 Ps).

A oportunidade também inclui cursos destinados a combater as disparidades de gênero existentes nas áreas de “STEM” (Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática) e possibilita a mobilidade acadêmica entre estudantes e pesquisadores da América Latina e Espanha.

Confira os tipos de bolsas de estudo oferecidas:

– 237 bolsas de pós-graduação: destinadas a alunos com diploma de graduação e excelente histórico acadêmico ou profissional. O programa oferece dois tipos de apoio: bolsas e ajuda de estudo, dependendo da oferta da instituição de ensino.

– 96 bolsas de doutorado: têm por objetivo ajudar o corpo docente de universidades da América Ibérica a obter um doutorado em centros acadêmicos espanhóis, promovendo a criação de redes de colaboração entre instituições universitárias dos dois lados do Atlântico. Estadias curtas de pós-doutorado: destinam-se a professores de universidades ibero-americanas que possuem doutorado e promovem intercâmbios acadêmicos de alto nível entre Espanha e América Latina.

– 61 bolsas de mobilidade para professores: permitem a professores ou pesquisadores de universidades argentinas, brasileiras, paraguaias e portuguesas, pesquisas de curta permanência na Espanha.

– 302 bolsas de estudo institucionais: dirigidas ao fortalecimento das administrações públicas ibero-americanas. Em alguns casos, as instituições latino-americanas e espanholas associadas, devem apresentar os candidatos à Fundação Carolina.

– 126 renovações de bolsas de doutorado

> Prazos para candidatura:

– Bolsas de pós-graduação: até 10 de março de 2020, às 9h (horário espanhol).

– Bolsas de doutorado, estadias de curta duração, programas de mobilidade de professores e estudos institucionais: até 3 de abril de 2020, às 9h (horário espanhol). No caso dos programas de doutorado IUE, o prazo é até 1 de abril, às 9h. Para os de mobilidade de docentes argentinos, até 2 de abril, também às 9h.

Leia mais sobre as bolsas de estudo e faça sua inscrição no site da Fundación Carolina.

Sobre a Fundação Carolina

Criada no ano 2000 como uma instituição para a promoção de relações culturais e cooperação educacional e científica entre a Espanha e os países da Comunidade Ibero-americana de Nações, a Fundação Carolina construiu uma sólida trajetória em mobilidade acadêmica. Em 20 anos, já concedeu mais de 18 mil bolsas e ajudas de pesquisa, índice que a coloca como referência entre órgãos de cooperação atuantes no âmbito ibero-americano. Além de trabalhar para a criação de um espaço de conhecimento ibero-americano, a Fundação Carolina é uma ferramenta de diplomacia pública, com o objetivo de alcançar um melhor conhecimento mútuo entre a América Latina e a Espanha. Da mesma forma, é uma associação público-privada, financiada por instituições espanholas de alcance no exterior e empresas privadas com atuação na América Latina.