A rainha Elizabeth II posa para foto histórica enquanto recebe os líderes mundiais no Palácio de Buckingham


Presidentes e primeiros-ministros juntaram-se a príncipes e princesas quando a rainha organizou uma recepção no Palácio de Buckingham para marcar 70 anos desde a formação da OTAN. Representantes dos estados membros da organização se uniram à rainha e sua família no evento especial e posaram para uma foto dos livros de história na Sala do Trono do Palácio de Buckingham.

A rainha juntou-se a líderes dos 29 países que atualmente pertencem à Organização do Tratado do Atlântico Norte para um retrato oficial. Sua Majestade ocupou o centro do palco com Boris Johnson de um lado e o Secretário-Geral da OTAN, Jens Stoltenberg, do outro. O príncipe de Gales sentou-se com o presidente dos EUA, Donald Trump, para a foto.

Durante a noite, Charles também ajudou sua mãe a receber oficialmente líderes mundiais no palácio. O príncipe de Gales e a duquesa de Cornwall juntaram-se à rainha para as apresentações formais, enquanto outros membros da Família Real, incluindo a duquesa de Cambridge, a princesa real e a duquesa e duquesa de Gloucester, se misturavam com os convidados na recepção.

Os líderes da OTAN estão no Reino Unido à frente da cúpula da organização, que ocorre em 4 de dezembro. No entanto, a reunião também foi uma oportunidade para comemorar o 70º aniversário do grupo. Foi criada em 1949 como uma aliança de defesa e originalmente consistia em doze países. Nas sete décadas seguintes, ele se expandiu, com os Estados membros comprometendo-se a se defender em caso de ataque externo.

A recepção do Palácio de Buckingham ocorreu após um dia de reuniões entre políticos presentes na cúpula. O presidente Trump e sua esposa, Melania, também visitaram a Clarence House, onde tomaram chá com o príncipe de Gales e a duquesa de Cornwall.