Conservadores do Reino Unido retiram proposta de corte de imposto corporativo


O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou nesta segunda-feira (18) que o Partido Conservador retirou a proposta que previa cortar impostos corporativos em abril do ano que vem. A revisão, disse Johnson, durante discurso na Confederação Britânica da Indústria, tem por objetivo garantir mais recursos para atender demandas populares, como melhorias no sistema público de saúde.

O imposto corporativo cairia de uma taxa 19% para 17%, porém Johnson destacou que empresas já foram beneficiadas por corte de impostos nos últimos anos.

O anúncio revela um esforço do premiê em levantar apoio nas classes sociais mais baixas, já que seu programa de governo é tido como pró-mercado.

O Reino Unido realiza eleições gerais em 12 dezembro, após o Parlamento negar aval ao acordo de Brexit firmado por Johnson com a União Europeia.